jun
16
2023

FLASH: Conheça as HQs que inspiraram o filme

Flash nos Quadrinhos

O novo filme do Flash promete ser uma das maiores aventuras do herói da DC nos cinemas. Com a presença de Michael Keaton como Batman e a exploração do multiverso, o filme traz elementos da famosa saga Ponto de Ignição (Flashpoint), mas não é uma adaptação fiel dos quadrinhos. Neste post, vamos explicar as diferenças entre o filme e as HQs que lhe deram origem.

Ponto de Ignição (Flashpoint)

Clique para comprar: HQ Flashpoint

Ponto de Ignição foi uma minissérie em cinco edições publicada pela DC Comics em 2011, escrita por Geoff Johns e desenhada por Andy Kubert. A história mostra o que acontece quando Barry Allen, o Flash, decide voltar no tempo para impedir o assassinato de sua mãe, Nora Allen, quando ele era criança. Ao fazer isso, ele altera drasticamente a linha do tempo, criando um mundo onde a Liga da Justiça não existe, o Superman está desaparecido, o Batman é Thomas Wayne (o pai de Bruce), a Mulher-Maravilha e o Aquaman estão em guerra e o próprio Flash perde seus poderes.

Barry percebe que sua ação teve consequências terríveis e tenta restaurar a realidade original, mas encontra resistência de alguns personagens que se beneficiaram das mudanças. Ele também descobre que foi manipulado pelo Flash Reverso, seu arqui-inimigo, que queria provar que Barry era o responsável por todas as tragédias de sua vida. No final, Barry consegue reverter a situação, mas não sem um custo: ele cria uma nova linha do tempo, conhecida como Os Novos 52, que reinicia todo o universo DC.

Ponto de Ignição foi um evento que marcou a história da DC Comics, pois mudou radicalmente o status quo de seus personagens e abriu caminho para uma nova fase editorial. A saga também foi adaptada para outras mídias, como uma animação em 2013 e um arco na série de TV do Flash em 2016.

Flash: Ano Um

Flash: Ano Um foi uma minissérie em seis edições publicada pela DC Comics em 2019, escrita por Joshua Williamson e desenhada por Howard Porter. A história reconta a origem de Barry Allen como o Flash, mostrando seus primeiros dias como um cientista forense e um super-herói. A trama acompanha Barry desde o momento em que ele é atingido por um raio e banhado por produtos químicos que lhe dão a habilidade de se mover em super velocidade até seu confronto com o Tartaruga, seu primeiro vilão.

Clique para comprar: HQ Flash Ano UM

A história também explora a relação de Barry com Iris West, sua futura esposa e parceira jornalística, e com August Heart, seu amigo e colega de trabalho que se tornaria o vilão Godspeed. Além disso, a minissérie mostra como Barry descobre a existência da Força de Aceleração, a fonte mística de seus poderes, e como ele viaja no tempo para conhecer seu ídolo Jay Garrick, o primeiro Flash.

Flash: Ano Um foi uma forma de atualizar e homenagear a origem de Barry Allen como o Flash, resgatando elementos clássicos e introduzindo novos conceitos. A minissérie também serviu para preparar o terreno para as próximas sagas do personagem nos quadrinhos.

Outros quadrinhos do Flash que você precisa ler

Veja também: Os melhores quadrinhos do Flash disponíveis na AMAZON

As diferenças entre o filme do Flash e as HQs

Baseado em Ponto de Ignição e Flash: Ano Um, mas com mudanças:

  • Barry Allen volta no tempo para salvar sua mãe e altera a realidade
  • Encontra outro Batman: Michael Keaton, de volta ao papel dos filmes de Tim Burton
  • Explora o multiverso da DC, com diferentes versões dos personagens em outras dimensões
  • Ignora alguns aspectos de Ponto de Ignição, como a guerra entre Mulher-Maravilha e Aquaman, e o Flash Reverso
  • Não reinicia o universo cinematográfico da DC, como a HQ fez com os quadrinhos

 Focado na jornada pessoal de Barry Allen

  • Sua relação com sua família e seus amigos
  • Seu amadurecimento como herói

Usa elementos de Flash: Ano Um:

  • A origem de Barry Allen como o Flash
  • Sua paixão por Iris West
  • Sua descoberta da Força de Aceleração
  • Possíveis vilões clássicos do Flash, como o Tartaruga ou o Capitão Frio

Uma mistura original e criativa de Ponto de Ignição e Flash: Ano Um

  • Uma aventura emocionante e divertida
  • Uma expansão do universo da DC nos cinemas
  • Uma homenagem aos fãs do personagem

Por melhor que o filme seja, como nós sempre dissemos, o livro é sempre melhor que o filme, e com os quadrinhos isso não é diferente. Então, recomendamos fortemente a leitura dos HQs, você não vai se arrepender.