maio
09
2023

É possível aprender Latim sozinho, e vale muito a pena!

Há vários motivos para se aprender uma língua antiga, muitas que são consideradas “línguas mortas” como o latim ainda tem muita utilidade nos dias de hoje.

Porque aprender latim

O latim sempre esteve em alta e não está tão morto como você imagina. Não é à toa que utilizam a língua para preservar expressões jurídicas e textos litúrgicos – seu aspecto clássico e livre de mutações mantém o significado e o sentido das palavras, por não haver “modernização” dos aspectos deste idioma (por isso chamam de língua morta).

Mesmo que você não ligue para essas coisas, aprender latim te trará muitas vantagens como:

  • Melhorar imensamente seu português, pois te dará uma percepção profunda de estrutura e formação de vocabulário;
  • Facilidade para aprender outros idiomas derivados do latim: espanhol, francês, italiano e romeno;
  • Melhor compreensão de vocabulário em outros idiomas, pois a língua latina influenciou e fez raízes em grande parte do mundo (o mesmo tópico também vale para o grego)
  • Rezar: E, claro, se você for um Católico que quer se aprofundar nos textos da igreja e nas orações em seu formato mais puro, o Latim é o melhor caminho.

Agora, vamos te passar algumas ferramentas que poderão te ajudar a iniciar seus estudos de latim por conta própria.

Pronúncia

A primeira dúvida que o estudante de latim tem é sobre a pronúncia, afinal, dizem que há dois (ou até três) tipos de pronúncia, a eclesial e a “clássica”. Mas quanto a isso, vamos poupar seu tempo. Foque na pronúncia ECLESIAL e ignore o resto. Vou explicar o porquê:

Em primeiro lugar, a prática: afinal de contas, quase ninguém conversa em latim, a fala acontece mais em contextos religiosos e o maior uso da pronúncia do latim será durante orações e textos litúrgicos. O mundo acadêmico usa quase só a leitura.

Segundo, pela autenticidade: Não se engane com os termos “clássica” ou “tradicional”, a pronúncia passada através dos séculos é a Eclesial. As outras variações também são chamadas de Restaurada ou Reconstruída, justamente por terem sido recriadas por acadêmicos, com muito tempo livre, que não queriam usar a mesma pronúncia da Igreja e buscaram pretextos históricos para pronunciar as palavras de outro jeito.

Não se preocupe tanto com isso: Apps de idiomas que ensinam latim, como o Duolingo ou o Rosetta Stone, sempre trazem a pronúncia Reconstruída, mas não há motivo para pânico, as diferenças são poucas e não trarão prejuízo aos seus estudos.

Uma dica é assistir alguns vídeos sobre a pronúncia eclesiástica antes (e durante) os estudos para ir se adaptando nos pormenores. Se for estudar direto através de livros, sem a interferência do áudio, essa é uma das melhores práticas.

Veja um excelente exemplo abaixo:

Livros indicados para estudo de Latim

Alguns livros disponíveis no mercado são auto explicativos, como o caso do nosso favorito, a coleção Gradus de Paulo Rónai. Os dois primeiros livros: Gradus Primus e Gradus Secundus estão disponíveis na Amazon por um valor bem em conta, clice nos links ou nas imagens para comprar:

Gradus Primus: https://amzn.to/3nxt3Qs

Gradus Secundus: https://amzn.to/3ATFn0j

Há ainda os dois últimos: Gradus Tertius e Quartus, que não são publicados há um bom tempo, mas podem ser encontrados em PDF em nosso drive, junto com todos os livros mencionados nesse artigo e mais:

O latim pelo método natural é uma excelente forma de aprender, pois não foca tanto em exercícios, mas em leitura de textos, que vão ficando maiores e mais profundos à medida que você compreende o texto anterior.

A coleção Lingva Latina de Hans H. Ørberg é tão boa nesse sentido, que quase não precisa de instruções e explicações em outro idioma que não seja o Latim, você vai compreendendo tudo por conta própria.

LINGVA LATINA na Amazon: https://amzn.to/44rA6KZ

Aprender Latim através das orações

Um dos melhores jeitos de aprender latim é rezando. As orações mais comuns como Pai Nosso, Ave Maria, Gloria etc. já são bem conhecidas de todas e estão enraizadas em nossa mente, portanto, começar a recita-las em Latim não será difícil, pois não ficaremos perdidos tentando traduzir, e focaremos logo em praticar a linguagem, nos acostumando com as palavras e frases usadas na língua latina.

Terço em Latim

O Vaticano lançou em 2008 uma coletânea de CDs com a oração dos mistérios do rosário em latim, liderada pelo Papa Bento XVI, que agora está disponível na internet para quem quiser aprender e acompanhar.

Fizemos uma compilação em vídeo com todos os mistérios, na voz do Papa Bento XVI, e com legendas em latim e belas imagens para meditação, então você pode seguir os vídeos do YouTube e já aproveitar para praticar latim e fazer sua reza diária do terço.

Não tenha medo, como o rosário se trata de orações de repetição, e todas que você já conhece e praticou muitas vezes, a adaptação será muito rápida e, quando você perceber, estará rezando naturalmente em latim.

Devocionários Bilingues

Além do terço, há vários devocionários católicos que vêm com as duas versões das orações, em português e em latim. É o caso do nosso favorito, a Seleta de Orações, que traz orações para as várias etapas do dia, antes e depois da Missa, terços, ladainhas, novenas, etc. tudo com as páginas divididas ao meio, para você ver as duas versões do texto.

Adquira seu devocionário Seleta de Orações: https://amzn.to/3B7Zwjl

Aplicativos para aprender Latim

Já falamos anteriormente sobre os Melhores Apps para aprender um novo idioma, mas nem todos eles oferecem a língua latina em seu portfólio. Então vamos falar sobre os melhores.

Antes, uma palavra sobre o Duolingo: O Duolingo é um dos melhores apps para aprender idioma que existem, mas quando se trata de Latim, há um problema, só está disponível para falantes de língua inglesa. Então, se você for fluente em inglês, poderá estudar latim por lá, mas para os brasileiros, a opção ainda não está disponível.

Rosetta Stone:

Consideramos esse o melhor de todos, pois ele apresenta todos os idiomas de forma natural, sem usar tradução, induzindo aos poucos as palavras com imagens e uma didática excelente. É possível aprender latim por ele, tanto na versão para celular, quanto para computador, o problema é que é um app pago.

Mas não se engane, quando se trata de aprender qualquer idioma, vale muito mais a pena pagar o app do Rosetta Stone e se dedicar do que pagar aquela escola conhecida que tem perto de sua casa. Você aprende melhor, mais rápido, e sai muito mais barato.

Cattus:

Um maravilhoso app totalmente gratuito e em Português, com exercícios e explicações de gramática que vão do básico ao avançado. É um ótimo acompanhante caso você esteja fazendo o livro Gradus, pois eles tem um jeito parecido de trabalhar.

Cattus para Android: Cattus: Learn Latin – Apps no Google Play

Cattus para iPhone: Cattus Learn Latin on the App Store (apple.com)

Cursos online para aprender Latim

Reconquista – Arautos do Evangelho

A plataforma Reconquista dos Arautos do Evangelho apresenta um curso online bem completo, com amplo material e videoaulas explicativas para quem quiser aprender. É preciso assinar a plataforma, que tem um valor modesto de R$ 49,00 mensal até o momento, mas dá acesso também a vários outros cursos para adultos e também crianças, como formações espirituais, catequese, história da igreja, etc.

Aprendendo Latim

O site Aprendendo Latim também traz vários cursos excelentes, que você pode usar para aprender e também para ensinar os filhos, pois há o curso de iniciação já para crianças de 4 a 6 anos. Todos os cursos disponíveis da plataforma são pagos através do hotmart, mas o acesso ao material exclusivo e bem amplo, é vitalício.

Você pode também acompanha-los pela página do Instagram, em que são postados novidades e novos cursos frequentemente.

Um presente: material gratuito para baixar

Em nosso Drive, no link abaixo, você vai encontrar vários livros para baixar, como toda a coleção Gradus, até o quartus, que não é mais encontrado nas livrarias, também a coleção Lingva Latina, entre outros.

Espero que essas dicas sejam úteis, mas a principal delas é: independente do material que você usar, a chave para aprender outro idioma é a consistência. Mantenha firme, mesmo nas lições mais difíceis e não desista.

Bons estudos!